O dólar caiu! Veja se vale a pena comprar um iPhone 7 Plus nos EUA

A recente sequência de quedas da moeda norte-americana fez com que muitos brasileiros cogitassem comprar produtos eletrônicos nos Estados Unidos para tentar economizar algum dinheiro. Mas será que a prática realmente vale a pena?

Abaixo, o Olhar Digital fez um levantamento com os dois principais aparelhos da Samsung e da Apple, que são vendidos aqui e também no exterior, onde são comercializados pelo mesmo valor. A taxa de conversão utilizada foi de US$ 1 = R$ 3,22.

iPhone 7 Plus 32 GB

  • Preço no Brasil: R$ 4.099;
  • Preço nos EUA: US$ 769 (R$ 2.476,18, em conversão direta).

Galaxy S7 Edge

  • Preço no Brasil; R$ 3.499;
  • Preço nos EUA: US$ 769 (R$ 2.476,18, em conversão direta).

Taxas locais

A compra nos Estados Unidos está sujeita às taxas de tributação locais das cidades. Nos principais destinos, Miami e Nova York, elas são de 7% e 8,875%, respectivamente.

  • Preço oficial do celular: US$ 769;
  • Preço em Miami: US$ 769 + 7% = US$ 822,82 = R$ 2.649,51;
  • Preço em Nova York: US$ 769 + 8,875% = US$ 837,24 = R$ 2.695,94.

IOF

O IOF é um imposto que incide em compras ou operações com cartão de crédito (6,38%), saques em cartão pré-pago (6,38%) e compra de moeda estrangeira em espécie (1,1%).

  • Preço nos EUA: US$ 769;
  • IOF de 6,38%: US$ 49,06;
  • Preço nos EUA no cartão de crédito: US$ 818,06;
  • IOF de 1,1%: US$ 8,45;
  • Preço do celular para pagamento à vista: US$ 777,45.

Alfândega

Se você estiver nos Estados Unidos e deseja comprar algum desses smartphones, é preciso ficar ligado nas taxas alfandegárias que serão cobradas quando você desembarcar no Brasil. Alguns eletrônicos adquiridos para fins pessoais são isentos de impostos, como um celular, uma câmera fotográfica e um relógio de pulso.

Para isso, é necessário comprar apenas uma unidade de cada um desses produtos para configurar o uso pessoal. Eles precisam também voltar ao Brasil na condição de usados, isso é, fora da caixa e já em uso. Assim, a dica para quem quer comprar um celular na viagem é não levar o seu próprio aparelho.

Taxa alfandegária

Agora, se você quer comprar mais de um celular ou algum produto que não esteja isento, então precisa ficar informado sobre as taxas alfandegárias. A Receita Federal permite que somente compras de até US$ 500 (valor de todos os produtos somados) passem pela alfândega sem qualquer cobrança extra.

Por lei, você deverá declarar os produtos que comprou caso a conta passe dos US$ 500. Com isso, será gerado um imposto de 50% do valor excedente aos US$ 500. Para explicar isso melhor, vamos citar a compra de um iPhone 7 Plus usando a fórmula: “(Preço do celular nos EUA – Limite da alfândega) – 50%”.

  • Preço nos EUA: US$ 769;
  • Imposto cobrado na alfândega: US$ 134,50 (R$ 433,09);
  • Preço nos EUA com taxas de alfândega: R$ 2.909,27;
  • Conta utilizada: (US$ 769 – US$ 500) – 50% = US$ 134,50.

Vale lembrar que essa conta é válida apenas para produtos que foram declarados para a Receita Federal durante o desembarque no país. Caso o viajante decida entrar na fila de “não declarar” e seja solicitado que revele as suas compras, ele terá que arcar com o imposto de 100% sobre o valor excedente.

Conta final

Feitas todas essas contas, vamos ao final dessa matéria exemplificando quanto realmente um telefone comprado nos Estados Unidos custa para quem mora no Brasil e pretende viajar para Miami ou Nova York para adquirir um novo celular.

Assim, teremos que somar o preço do telefone, a taxa municipal, o IOF (6,38% ou 1,1%) e a taxa cobrada pela alfândega (50% sobre o valor excedente ao limite de US$ 500). Para facilitar a conta, vamos usar a taxa de Nova York (8,875%), mas você pode substituir esse dado por outra alíquota.

Pagamento no cartão com taxa alfandegária:

  • US$ 769 + IOF (6,38%) + imposto municipal de NY (8,875%) = US$ 890,67;
  • O valor excede os US$ 500 em US$ 390,67. O tributo ficaria em 50% do valor, totalizando mais US$ 195,34;
  • A soma seria de US$ 1.086. Fazendo a conversão com a cotação do dólar em R$ 3,22, o total seria R$ 3.496.

Pagamento no cartão sem taxa alfandegária:

  • US$ 769 + IOF (6,38%) + imposto municipal de NY (8,875%) = US$ 890,67;
  • O valor convertido em reais na cotação de R$ 3,22 seria de R$ 2.867,96.

Pagamento em dinheiro com taxa alfandegária:

  • US$ 769 + IOF (1,1%) + imposto municipal (8,875%) = US$ 846,46;
  • O valor excede os US$ 500 em US$ 346,46. O tributo ficaria em 50% do valor, totalizando mais US$ 173,23;
  • A soma totaliza US$ 1.019,69. A conversão do valor para o real em R$ 3,22 é de R$ 3.283,40.

Pagamento em dinheiro sem taxa alfandegária:

  • US$ 769 + IOF (1,1%) + imposto municipal (8,875%) = US$ 846,46;
  • O valor convertido para o real na cotação de R$ 3,22 é de R$ 2.725,60.





RECOMENDADO PARA VOCÊ